Kanban: Sinalizando a Produção Puxada

Uma ferramenta muito conhecida na Produção Puxada (leia mais sobre Produção puxada e Produção empurrada aqui) é o Kanban. Kanban é uma palavra japonesa que significa “sinal” e é muito utilizado no controle de fluxo de materiais e informações. Existem diversos tipos de Kanban e os dois principais são Kanban de Produção e Kanban de Retirada.

O Kanban de Produção indica uma ordem de produção. Ele acompanha o produto no supermercado final, e quando este produto é consumido pelo cliente, seja ele cliente final ou processo sucessor dentro da fábrica, este kanban é levado para o pacemaker (processo puxador) para indicar que o produto deve ser produzido novamente. Uma vez que o produto é produzido, este é enviado ao supermercado juntamente com seu Kanban de Produção, reiniciando o ciclo.


Já o Kanban de Retirada indica uma ordem de movimentação de produtos ou materiais. Essa movimentação é feita, por exemplo, entre um supermercado grande, usado para armazenar material vindo dos fornecedores externos ou do próprio processo anterior na produção, e um supermercado menor, próximo dos postos de trabalho.

Esses dois tipos de Kanban funcionam de forma sincronizada. O Kanban de Retirada libera uma ordem para retirar um produto do supermercado e, para repor este produto neste supermercado, um Kanban de Produção é enviado para o pacemaker. Desta forma, tem-se o controle sobre a movimentação de materiais, além de controlar os estoques para tornar mais evidentes quaisquer problemas no sistema de produção.


Posts Recentes
Arquivo
Siga-nos!
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon